quinta-feira, 11 de setembro de 2014

Sejap confirma que 36 presos fugiram do CDP de Pedrinhas na noite de quarta-feira

Todos os fugitivos já estão identificados, a polícia está realizando incursões para recapturá-los
O muro que foi derrubado para facilitar a fuga dos detentos já foi reconstruído (Márcio Melo/OIMP/D.A Press)
O muro que foi derrubado para facilitar a fuga dos detentos já foi reconstruído
De acordo com informações da Secretarias de Estado de Justiça e Administração Penitenciária (Sejap), da Secretaria de Segurança Pública (SSP) e da Força Nacional, 36 presos fugiram do Centro de Detenção Provisória (CDP), na noite desta quarta-feira (10).

Destes, seis presos estavam no Bloco Beta e tiveram suas fugas frustradas; os outros 30 detentos apontados na recontagem estavam no Bloco Alfa. Todos os fugitivos já foram  identificados. A polícia está realizando incursões para recapturá-los.

Danley Rêgo da Conceição, de 19 anos, foi preso suspeito de envolvimento na ação criminosa desta quarta-feira (10), quando um caminhão caçamba derrubou parte do muro dos fundos do Centro de Detenção Provisória (CDP).
 
Os detentos que foram baleados durante a fuga foram identificados como José Silva Lobato, Cleibson Sodré Moraes, Antônio José Neves Furtado, Antônio Miguel Silva, Nailson Manoel Costa Silva, e foram encaminhados para o Hospital Municipal Clementino Moura (Socorrão II).
 
A Sejap confirmou ainda que Cleibson Sodré Moraes e José Silva Lobato já tiveram alta médica. Os demais continuam internados e o estado de saúde dos presos é estável.
 
Parte do muro que foi derrubado para facilitar a fuga dos presos já foi reconstruído. Enquanto isso, a Força Nacional e Grupo Especial de Operações Penitenciárias (Geop), reforçam a segurança do Complexo Penitenciário de Pedrinhas.
 
Até o momento, a Seja não confirmou quantas grades das celas foram cerradas e nem quantos presos há em cada cela.  
 
Com informações da Sejap