segunda-feira, 29 de setembro de 2014

Em protesto, monitores de Pedrinhas bloqueiam trecho da BR-135 no MA

Segundo manifestantes, protesto é por melhores condições de trabalho.
Rodovia é único ponto de acesso a São Luís; congestionamento é intenso.

Em greve desde o dia 6 de setembro, um grupo de monitores que presta serviço no Complexo Penitenciário de Pedrinhas, em São Luís, está bloqueando a via desde o início da manhã desta segunda-feira (29). A rodovia é o único ponto de acesso à capital maranhense. O congestionamento é intenso no local.
Os manifestantes, que exigem melhores condições de trabalho e segurança, se revezam nos dois sentidos da rodovia, impedindo a passagem dos veículos por aproximadamente meia hora em cada trecho.
Em nota, a Secrataria de Estado de Justiça e Administração Penitenciária do Maranhão (Sejap) informou que está cobrando providências sobre o movimento de monitores à empresa empregadora e disse que a segurança foi reforçada na unidade prisional.
Leia a íntegra da nota abaixo:
A Secretaria de Estado da Justiça e da Administração Penitenciária (Sejap) informa que as atividades de rotina dentro das unidades prisionais estão ocorrendo normalmente.
Ressalta que a segurança foi reforçada por homens do Grupo Especial de Operações Penitenciárias (Geop) e Força Nacional.
A Sejap também está cobrando providências junto à Empresa VTI/Civiliza no sentido de negociar com um grupo de monitores que iniciou um movimento de paralisação, na manhã
desta segunda-feira (29), em frente ao Complexo Penitenciário de Pedrinhas em São Luís.
Protesto de monitores em frente a Pedrinhas causa congestionamento na BR-135, no MA (Foto: Giovanni Spinucci / TV Mirante)Protesto de monitores em frente a Pedrinhas causa congestionamento na BR-135, no MA (Foto: Giovanni Spinucci / TV Mirante)