sexta-feira, 26 de setembro de 2014

Bancários do Maranhão entram em greve a partir do dia 30 de setembro

O aumento de 7% no valor salarial ainda é considerado muito baixo


Após realizar uma assembléia na sede do Sindicato dos Bancários do Maranhão (SEEB-MA), localizado no Centro da capital maranhense, a categoria decidiu, a partir da próxima terça-feira (30), entrar em greve por tempo indeterminado.

A paralisação, que também tem ação nacional, visa provocar uma resposta pacífica e positiva por parte dos banqueiros, e do Governo Federal, que desde a última negociação com a categoria, ocorrida no dia 19 de setembro desse ano, não cumpriu com as reivindicações solicitadas pelos bancários.

De acordo com os grevistas, o aumento de 7% no valor salarial, proposto pelos banqueiros, ainda é considerado muito baixo, e insatisfatório frente aos lucros adquiridos pela instituição.
Dentre as exigências dos bancários estão reajuste de 35%, PLR de 25% do lucro líquido linear, reposição das perdas salariais, isonomia, contratação de mais bancários, saúde, segurança e respeito à Lei das Filas.

Na segunda-feira (29), às 17h, vai ser realizada uma assembleia de organização, na sede do Sindicato, com o intuito de preparar os últimos detalhes da greve, que atingirá bancos públicos e privados em todo o Estado.


FONTE:TRIBUNA DO MARANHÃO