segunda-feira, 22 de setembro de 2014

PEDRINHAS:CASO ASSUMA A SEJAP, CORONEL IVALDO RODRIGUES PRETENDE COLOCAR PEDRINHAS EM ORDEM NO PERÍODO DE 60 DIAS.

O nome do coronel está sendo cogitado para assumir a Secretaria Estadual de Justiça e Administração Penitenciária 

Arleysson Rodrigo



Coronel Ivaldo Barbosa Rodrigues ( Karlos Geromy/OIMP/D.A Press)
Coronel Ivaldo Barbosa Rodrigues
O coronel Ivaldo Barbosa Rodrigues, comandante de Policiamento Especializado da Polícia Militar, está sendo indicado como o mais novo secretário da Secretaria de Estado de Justiça e Administração Penitenciária (Sejap), na tarde desta sexta-feira (19/09), em São Luís.
De acordo com policiais, delegados e agentes penitenciários, o coronel Ivaldo Rodrigues será o mais novo secretário e pretende mudar Pedrinhas em 60 dias.

“Não vamos aceitar mais de 3 mil bandidos saírem de Pedrinhas como se fosse “bem ali e voltar”, não iremos admitir isso. Vou fazer o meu serviço, Pedrinhas precisa de disciplina, lá, detentos não podem mandar, quem manda somos nós, queremos mais sossego mais segurança a nossa população”, disse o coronel em entrevista exclusiva ao jornal O Imparcial Online
De acordo com o coronel, seu nome está sendo indicado como o mais novo secretário da Sejap, porém a decisão está a cargo da governadora do estado Roseana Sarney.
Segundo a Sejap, ainda não tem confirmação de que o coronel assumirá a secretaria.

Ameaças

O coronel Ivaldo Barbosa, já foi marcado para morrer em janeiro deste ano. A ordem de sua execução e ataque à sua moradia partiu do Presídio Estadual de Pedrinhas e foi dada por um dos líderes da facção criminosa “Bonde dos 40”, Jorge Henrique Amorim Martins, o “Dragão”.

A ameaça ao coronel Ivaldo Barbosa partiu de dentro do presídio na noite do dia 3, no mesmo momento em que foram dadas as ordens de ataques a ônibus e tiroteio contra delegacias. Organismos do Sistema de Segurança Pública tomaram conhecimento das ameaças através de interceptação de telefonemas. Na sua comunicação, por volta das 22h51, Dragão disse a seus comandados: “Tem que botar pra queimar ônibus e atacar os vermes. Vê aí à casa do vermão do Ivaldo e dá ataque soviético lá também”.

fonte: FOLHA DA BARRA