sexta-feira, 5 de setembro de 2014

Índios KA'APOR prendem madeireiros em CENTRO DO GUILHERME



 Índios da etnia Ka’apor promoveram uma caçada a madeireiros ilegais que agiam nas matas do Alto Turiaçu, próximo a Centro do Guilherme, no Maranhão.  O flagra foi registrado por um fotógrafo da agência Reuters no dia 7 de agosto e divulgado nesta quinta-feira (4).
 Cansados da inoperância do governo do Estado para fiscalizar e manter os madeireiros longe das terras legalmente pertencentes à tribo, os guerreiros Ka’apor amarraram os criminosos e tiraram a roupa de alguns deles. Eles também jogaram gasolina nos caminhões usados pelos madeireiros e atearam fogo.
 De acordo com Fundação Nacional do Índio (Funai), os indígenas, chamados de “guardiões da floresta”, têm realizado naquela região ações de apreensão de madeireiros ilegais.
 A Funai  diz ter conhecimento dessas ações e já solicitou apoio policial para evitar que ocorram excessos ou conflitos.
 Veja as imagens da ação dos índios.
Com informações do Terra