quarta-feira, 20 de agosto de 2014

Polícia prende suspeitos de tráfico de drogas em Paulo Ramos



Suspeitos foram conduzidos para a delegacia.
Foram encontrados pedras de crack, maconha e outros objetos de procedência suspeita.]

Material apreendido com os suspeitos. (Foto/Allan Miranda)
Uma operação deflagrada por policiais militares para combater a entrada de drogas no município prendeu no final da tarde desta segunda-feira (19), duas pessoas suspeitas de tráfico de drogas em Paulo Ramos.
De acordo com a Polícia Militar, os suspeitos estavam parados na entrada da Localidade Bacuri na MA-008 que liga Paulo Ramos à Vitorino Freire, quando fora avistados ela guarnição. De acordo com o Cabo Bandeira, o nervosismo dos homens não escapou do olhar treinado dos policiais que realizaram de imediato a abordagem e revista nos mesmos. 

Nós estamos intensificando este trabalho porque essa é uma das drogas  pesadas e que está acabando com nossa sociedade. Aqui em Paulo Ramos estaremos sempre atentos e lutando para impedir que esse mal se prolifere. E em uma dessas ronda diante do nervosismo dos suspeitos resolvemos abordar e para nossa surpresa foi encontrada essa grande quantidade de drogas e esses outros pertences com os indivíduos”.



Com o grupo foi encontrado 08 pedras de crack, 02 celulares, quarenta e oito reais em espécie01 relógio de pulso, cartões de crédito, cartão do Bolsa Família, uma carteira porta cédulas, além de uma moto Titan CG 150 de placa NMP 1452 de procedência suspeita, pois, não foi apresentado o documento da mesma.

A VERSÃO 
 
Gilvan Conceição Moura e Cícero Romão da Conceição ambos são moradores de Vitorino Freire e apresentaram a versão de que só pararam para Gilvan usar uma pedrinha e depois seguir viagem numa boa até a casa de uma conhecida em Paulo Ramos. 

ARREPENDIDO
 
Gilvan Conceição/gari
Gilvan tem 31 ano e trabalha como gari em Vitorino e se diz arrependido do que fez e que já estava buscando ajuda pata deixar o vício.

Eu sou só usuário mermo. Eu sou trabalhador moço, eu trabalho como gari bem ai em Vitorino Freire, trabalho todo dia. Eu juro que sou só usuário mermo. Eu já to querendo é me internar para sair dessa vida, eu não aguento mais”. Disse Gilvan emocionado. 

HOMICÍDA
 
.
Cícero Romão/homicída
Cícero alega que nada tem haver com as drogas e disse em seu depoimento que só pediu uma carona, mas que nunca pensou na possibilidade de parar na cadeia novamente, pois já cumpriu pena no presídio de Pedreiras por um homicídio na cidade de Lago Verde no ano de 2011.  

Os suspeitos se encontram na Delegacia de Paulo Ramos. O caso será acompanhado pelo delegado Fernando Rezende.

Fonte: Blog Maranhão em Destaque