sábado, 16 de agosto de 2014

Marina Siilva - Candidatura de Marina Silva à presidência deve ser oficializada na quarta-feira, em Brasília

Renata Campos, viúva de Eduardo Campos, está na lista de possíveis vice-candidatos
Marina Silva deverá assumir chapa do PSBDivulgação

A atual candidata à Vice-Presidência da República pelo PSB (Partido Socialista Brasileiro), Marina Silva, deve ser oficializada substituta de Eduardo Campos nas eleições de 2014. A reunião que definirá a candidatura da ex-ministra do Meio Ambiente acontecerá às 10h de quarta-feira (20), em Brasília.
A assessoria de imprensa do partido afirmou que a ideia de convidar Marina Silva para ser candidata partiu do presidente do PSB, Roberto Amaral, e será analisada pela alta cúpula da coligação Unidos para o Brasil. Segundo o líder do PSB na Câmara dos Deputados, Beto Albuquerque (RS), a ex-ministra aceitou o convite para assumir a candidatura à Presidência da República em substituição ao ex-governador de Pernambuco  Eduardo Campos (PSB), morto em um acidente de avião na última quarta-feira (13), na cidade de Santos, litoral de São Paulo.
O nome de Renata Campos, viúva de Eduardo Campos, está no topo da lista de possíveis candidatos à Vice-Presidência pelo PSB e também deve ser oficializada na mesma reunião que definirá Marina Silva como presidenciável. Caso se confirme a candidatura, será a primeira vez no Brasil em que duas mulheres concorrerão juntas aos cargos de Vice e Presidente da República.
O presidente do PPS, deputado Roberto Freire (SP), disse à Agência Brasil que seu partido foi o primeiro da coligação a aconselhar que Marina fosse a substituta de Campos na corrida eleitoral. "Marina Silva vai unir os partidos da coligação", afirmou o parlamentar. Para ele, existe um consenso em torno do nome dela para a disputa.
Logo_noticias