quarta-feira, 11 de novembro de 2015

MULTAS MAIS CARAS: A PUNIÇÃO AUMENTOU A QUEM BLOQUEIA RODOVIAS

Novo valor da infração para quem interromper estradas será de R$ 5.746,00

Governo endurece punição a quem bloqueia rodovia Lucas Bicudo/ClicSoledade
Foto: Lucas Bicudo / ClicSoledade
O governo publicou no Diário Oficial da União desta quarta-feira a medida provisória que endurece as penalidades aos caminhoneiros que mantiverem os bloqueios de rodovias no país. Com a publicação, as novas regras já podem ser aplicadas.

José Eduardo Cardozo, ministro da Justiça, havia anunciado nesta terça-feira que o novo valor da multa para quem bloquear estradas será de R$ 5.746,00, taxa antes fixada em R$ 1.915,00. Quem organizar eventos terá de pagar R$ 19.154,00.

Além disso, aqueles que receberem multas também não podem mais tomar crédito para a compra de veículos por dez anos, informou o ministro.

No Rio, Dilma diz que obstrução de estradas por caminhoneiros é crime

O objetivo do governo é tentar evitar que a greve acirre os ânimos no país e provoque desabastecimento em algum setor. A ordem é não deixar que estradas sejam fechadas, impedindo o direito de ir e vir das pessoas.

Para isso, a Força Nacional irá auxiliar a Polícia Rodoviária Federal (PRF) na desobstrução das estradas, disse Cardozo. Alguns dos líderes dos caminhoneiros seguem para Brasília, mas não há previsão se o governo vai recebê-los ainda.

* Estadão Conteúdo